Produtos
Recondicionados

Conhecido em inglês como ”refurbished”, o termo é usado para denominar aparelhos que eram peça de mostruário, foram vendidos, mas retornaram ao fabricante, sendo revendidos por um preço mais baixo.


É importante destacar que nem sempre o motivo para devolução é alguma falha ou problema. Existem produtos recondicionados que nem se quer foram ligados! Isso acontece porque algumas pessoas se arrependem do que compraram logo depois de desembalar a caixa, dessa forma, as fabricantes são proibidas de vender como novos por conta da violação do lacre.


Mesmo que o produto remanufaturado tenha sido devolvido por conta de algum defeito, não precisa ter medo de comprá-lo. Para entender melhor como funciona esse processo de ida e vinda da fábrica até o consumidor, imagine que você comprou um notebook que, depois de uma semana de uso, ficou com uma linha de pixels apagada horizontalmente na tela. Como o equipamento ainda está na garantia, você tem o direito de devolvê-lo e receber outro em troca sem custo algum.


Como o produto ainda está novo, a fabricante irá avaliar o problema. Caso seja algo simples e mínimo, que não vá afetar o funcionamento para um futuro consumidor, a empresa irá encaminhá-lo ao setor técnico, que vai estudar a possibilidade de reparo.


A fábrica irá consertar o defeito, substituir as peças necessárias e realizar diversos testes para ter certeza de que o produto está em perfeitas condições. Se a resposta for positiva, serão produzidos novos acessórios, como cabos e manual, para acompanhar dentro da caixa nova. Depois de todos esses passos, ela autoriza a colocar o aparelho à venda novamente por um preço mais baixo do que o original.


Caso o problema não tenha sido reparado e o produto não passar no processo de reavaliação, ele não está em condições de ser vendido como recondicionado, sendo assim, são descartados para evitar problemas futuros com os clientes.


É importante frisar que todos os acessórios que acompanham o produto novo também vão fazer parte da caixa, porém, ela costuma ser diferente e identificada com um número de série que deixa claro que o produto é recondicionado.


Para finalizar, a cereja do bolo é que você está contribuindo com o meio ambiente. Ao adquirir um produto recondicionado, estará, ao mesmo tempo, evitando que lixo eletrônico seja descartado sem necessidade, afinal, se ninguém comprar um eletrônico pelo simples motivo da embalagem ter sido violada por outra pessoa ou passado por uma reformulação, ele será descartado mesmo estando em excelente estado. Que tal contribuir com uma prática sustentável?